Secretaria Municipal do Meio Ambiente orienta que materiais cortantes devem ser descartados dentro de recipientes resistentes, como caixas de leite ou garrafas pet

No último dia 29, o coletor de lixo araguainense Eleison Pereira Costa, 26 anos, cortou o dedo enquanto recolhia uma sacola durante o serviço. O acidente foi causado por cacos de vidros soltos, sem qualquer proteção ou aviso. “A gente pede consideração, fazemos um serviço essencial e todo mundo gosta da casa limpa. Somos orientados pela empresa para ter cuidado, mas não tem como evitar, nesses casos, o trabalho é corrido e suado”, explicou.
 
Essa é a segunda vez que o coletor se corta por falta de consciência de alguns moradores na hora de descartar o lixo. O motorista Douglas Ribeiro, 25 anos, estava junto no momento do acidente e ajudou o companheiro. Ele também já foi coletor e teve um ferimento pior, que deixou uma cicatriz no dedo.
 
“No meu caso foi vidro, mas temos muitos casos com espetinho e até seringa. Aí é pior, o coletor vai para hospital tomar remédios muito fortes e fica afastado”, relatou Douglas.
 
De acordo com o diretor municipal de Educação e Políticas Ambientais, Fernando de Jesus, explica que a maneira mais segura de descartar objetos cortantes, com proteção para os coletores, é usando materiais resistentes. “O morador pode usar garrafas pet ou caixas de leite, cortando-as ao meio e colocando o vidro quebrado dentro”.
 
Lixo no lixo
Não só o lixo cortante, mas também o comum precisa de atenção. “O morador precisa colocar o lixo para fora no dia e horário aproximado que o caminhão passa, isso evita que animais rasguem o saco e espalhe a sujeira pela calçada ou mesmo que a chuva arraste tudo para a boca de lobo, o que vai entupir e causar alagamentos”, afirmou o diretor.
 
Caso haja falha no serviço, a população deve relatar pelo telefone da Infraestrutura 3411-7070 ou pelo telefone da Ouvidoria Municipal 0800 649 2200.
 
Disque Meio Ambiente
A população pode ajudar a coibir os crimes ambientais realizando o descarte adequado do lixo e denunciando à Secretaria do Meio Ambiente. Os flagras de descartes dos resíduos de maneira errada podem ser informados pelos telefones 99944-7878 e 99976-7337.

 
No último dia 29, o coletor de lixo araguainense Eleison cortou o dedo enquanto recolhia uma sacola durante o serviço


O motorista Douglas Ribeiro estava junto no momento do acidente e ajudou o companheiro. Ele também já foi coletor e teve um ferimento pior, que deixou uma cicatriz no dedo

Fonte; Marcelo Martin | Foto: Marcos Sandes/Ascom

Posts recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons