Evento com vagas limitadas reunirá profissionais do SUAS (Sistema Único da Assistência Social), sociedade civil e entidades socioassistenciais nos dias 24 e 25 de agosto no auditório do Unitpac

A Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Habitação de Araguaína, por meio do CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social), realizará nos dias 24 e 25 de agosto, no auditório principal do Centro Universitário Unitpac, a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social de Araguaína. Com o tema “Assistência Social: direito do povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”, o evento terá como foco as desigualdades locais.

“É um espaço de participação democrática e de debates coletivos para discussão de propostas de organização municipal, estadual e federal”, informou a diretora municipal de Proteção Social Especial e vice-presidente do CMAS, Jocélia Alves.

Antes da conferência principal, serão realizadas três pré-conferências nos dias 17, 18 e 19 nos CRAS (Centros de Referência em Assistência Social) 1, 2 e 3. O objetivo é convocar trabalhadores do SUAS (Sistema Único da Assistência Social), sociedade civil e entidades socioassistenciais para um momento de formação e apresentação dos eixos a serem discutidos neste ano.

As pré-conferências iniciarão às 8 horas e encerrarão ao meio-dia nos seguintes dias e locais: dia 17, próxima terça-feira, no CRAS 1 (Setor Céu Azul); no dia 18, quarta-feira, no CRAS 2 (Setor Araguaína Sul 2); e no dia 19, quinta-feira, no CRAS 3, no Setor Parque do Lago.

Cuidados com a covid-19
O público da conferência será limitado a 75 pessoas, conforme os cuidados de prevenção exigidos pelos decretos municipais diante da pandemia da covid-19. 

O evento contará com o apoio técnico e operacional da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação e da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Tocantins (Setas) e serão apresentados cinco eixos e seus respectivos conteúdos para subsidiar o processo de discussão e deliberações. 

Novas visões
A conferência também avaliará e indicará novas diretrizes para o aperfeiçoamento e aprimoramento da política do SUAS em Araguaína. A discussão e articulação coletiva irão desenvolver estratégias que garantam a sustentabilidade da política pública para os próximos anos.

“Será uma oportunidade para avaliar em que medida a gestão compartilhada tem sido cumprida e assumida como responsabilidade política por todos os atores envolvidos, tendo em vista que a conferência é um espaço de caráter deliberativo que permite o debate e a avaliação da Política de Assistência Social e a proposição de novas diretrizes, no sentido de consolidar, ampliar os direitos socioassistenciais na cidade”, destacou Jocélia.

Fonte: Emílio Lopes /Ascom/ARN

Posts recentes

Categorias

https://selo144.wordpress.com

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons