Indígenas questionaram representantes do Estado brasileiro em audiência pública e fizeram solicitações à CIDH

Solicitada pelos indígenas, a audiência na CIDH teve como objetivo discutir a situação dos direitos humanos dos povos tradicionais no Brasil. Foto: Thiago Dezan / CIDH

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e o Centro de Recursos Jurídicos para dos Povos Indígenas (Indian Law Resource Center) solicitaram audiência temática na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) com o objetivo de discutir a situação dos direitos humanos dos povos indígenas no Brasil. Na ocasião, as organizações indígenas denunciaram as medidas adotadas pelo governo de Jair Bolsonaro e a crescente violência contra as comunidades indígenas. A audiência foi realizada no marco do 171º Período Ordinário de Sessões, celebrado entre 7 e 16 de fevereiro. O pedido de audiência foi concedido pela Comissão e a reunião ocorreu no último dia 13 de fevereiro de 2019, na cidade de Sucre, na Bolívia.

As organizações denunciaram as declarações de Bolsonaro que afetam de forma direta as comunidades indígenas, como a comparação dos povos originários que vivem em reservas a animais em zoológico e a promessa do presidenciável de que nenhum centímetro de terra será demarcado para comunidade indígenas e quilombolas.

“Nenhum centímetro de terra será demarcado para comunidade indígenas e quilombolas” CONTINUE LENDO AQUI…

Posts recentes

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Subscribe” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons