A logística reversa de pneus e pilhas e o reuso de água e materiais em escolas garantiram destaque ambiental para a cidade durante evento em Campinas, São Paulo

O secretário de Meio Ambiente, Ângelo Crema Marzola Júnior (primeiro à esquerda), participou da cerimônia de entrega na última quinta-feira, 27, durante o 2º Fórum Brasil de Gestão Ambiental

Instalação de ecopontos para recolhimento de pneus usados e pilhas descarregadas.  Reuso de materiais na Escola de Artes de Araguaína Raimundo Paulino (Reciclarte) e também da água captada da chuva e ares-condicionados em unidades da Rede Municipal de Ensino. Essas são exemplos de ações desenvolvidas pela Prefeitura de Araguaína que contribuíram para a conquista do Prêmio Destaque em Gestão Ambiental Municipal.

Representando o prefeito Ronaldo Dimas, o secretário de Meio Ambiente, Ângelo Crema Marzola Júnior, participou da cerimônia de entrega na última quinta-feira, 27, durante o 2º Fórum Brasil de Gestão Ambiental, em Campinas, São Paulo.

“Foi uma troca de informações com todo o Brasil, uma oportunidade para falar de métodos de sustentabilidade, sendo Araguaína uma das referências. Somente três cidades do Tocantins receberam o prêmio”, afirmou Marzola.

Referência em descarte adequado

Araguaína é referência regional em logística reversa de pneus gastos. Além dos descartes que são realizados no Município, o ecoponto instalado no Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara) recebe esse tipo de borracha de cidades próximas. Concentrando o material para recolhimentos, afim de facilitar seu descarte de maneira adequada.

Também é feita a logística reversa das pilhas e pequenas baterias para garantir que seus componentes tóxicos não contaminem o solo. Por meio do Projeto Papa-Pilhas, sete ecopontos captam o material que, quando acumulado, é enviado para as empresas fabricantes. O coletor é feito pela Reciclarte com material reutilizado, uma das especialidades da escola.

Reutilização na Educação

Inaugurada em 2017, a Reciclarte é a primeira escola pública de artes no Tocantins. Entre os cursos oferecidos estão os que reutilizam materiais que seriam descartados, como pneus, paletes e jornal. Atividades manuais que aumentam o poder de percepção sobre a sustentabilidade, podendo ainda se tornar um ofício para geração de renda.

Outro exemplo de reaproveitamento dos pneus está na produção de hortas orgânicas das escolas públicas municipais; quando empilhados e recortados servem como canteiros. Também usando uma opção sustentável para irrigação com água expelida pelo ar-condicionado e coletada da chuva. O projeto contribui para aulas mais ecológicas e economia nas contas.

Outras ações

A Prefeitura de Araguaína ainda desenvolve outras ações ambientais, como o controle de manejo de nascentes, com 140 olhos d’água preservados dentro da zona urbana. Workshop e seminários para consultores e empresas geradoras de resíduos para melhor aplicação das leis de meio ambiente.

São realizados também fóruns de lixo e cidadania, ações de educação, licenciamento e fiscalização ambiental. Essas ações estimulam o turismo natural com políticas públicas de conservação…( Marcelo Martin/Foto: Divulgação)

Posts recentes

Categorias

[jetpack_subscription_form show_only_email_and_button=”true” custom_background_button_color=”undefined” custom_text_button_color=”undefined” submit_button_text=”Subscribe” submit_button_classes=”undefined” show_subscribers_total=”false” ]

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons