Reprodução do Jornal Opção: Por Dock Júnior  

Primeiro deputado petista do Tocantins afirma que fake news atrapalharam candidaturas de correligionários e diz que um dos motivos da derrota de Carlos Amastha foi o seu abandono à esquerda

Esquerdista por natureza, Célio Moura é filiado ao PT desde sua criação, em 1980, quando um grupo bem heterogêneo — formado por militantesde oposição à ditadura militar, sindicalistas, intelectuais, artistas e católicos ligados à Teologia da Libertação — criaram a sigla partidária.

Após disputar várias eleições, como a de governador do Estado do Tocantins, em 1990 e 1998, prefeito de Araguaína, em 2004 e 2008, e senador da República, em 2006, elegeu-se, finalmente, deputado federal, em 2018, pelo quociente eleitoral, após obter 18.167 votos.

Célio Moura é mineiro de Arapuá, cidade localizada na regiãodo triângulo mineiro, mas migrou para o Estado de Goiás ainda na década de1960. Cursou Direito na Faculdade de Direito de Anápolis (Fada) de Anápolis e, no início da década de 1980, fixou-se em Araguaína, à época no norte de Goiás…CONTINUE LENDO ENTREVISTA COMPLETA…

Posts Recentes

Categorias

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons