Feira do Jovem Empreendedor será realizada em Araguaína no dia 21 de novembro. Em duas escolas da Rede Municipal, alunos comercializarão comidas e artesanatos feitos por eles

O Projeto de Educação Empreendedora já capacitou mais de 14 mil alunos da Rede Municipal de Ensino de Araguaína e mais quatro mil estarão concluindo o processo neste ano. Para apresentar aos pais e comunidade o que foi desenvolvido em sala de aula, mais uma edição da Feira do Jovem Empreendedor será realizada no dia 21 de novembro. Duas escolas municipais foram escolhidas para o evento, a Joaquim Carlos Sabino, no Lago Azul, e a Domingo Souza Lemos, no Setor Jardim das Flores.

“É preciso ensinar nossas crianças a matemática financeira e também encorajá-las a desenvolver a criatividade comercial desde cedo”, afirma o secretário municipal da Educação, Jocirley Oliveira.

Alunos das séries finais, 4º e 5º anos, colocarão à venda produtos idealizados em conjunto com os professores, conhecendo suas etapas de confecção e calculando o custo da produção e lucro esperado. Serão comercializados doces, salgados e trabalhos manuais, como enfeites e tapetes.

A feira faz parte do Projeto Jovem Empreendedor Primeiros Passos (JEPP), implantado no Município em 2015. Os professores são capacitados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e aplicam o conhecimento obtido em salas de aula.

Mais desenvolvimento

Outro projeto em implantação é a inclusão da Educação Financeira nas escolas municipais de Araguaína, que coloca mais uma vez a cidade à frente de diversos municípios do País. Com dois anos de antecedência do que está previsto pelo Ministério da Educação, o projeto está sendo implantado gradualmente na rede municipal.

Reconhecimento nacional

Como resultado dos investimentos feitos na melhoria das condições de trabalho, na valorização dos professores e na estrutura das escolas, Araguaína tem sido premiada a nível nacional pela evolução nos seus índices educacionais. O Prêmio Excelência em Educação recebido do Instituto Ayrton Senna em 2015 e o Prêmio Excelência em Gestão Pedagógica e em Infraestrutura em 2016 são exemplos desse avanço.

Qualidade na Educação

Neste ano, a Educação de Araguaína alcançou metas importantes e de grande relevância dentro do processo de ensino aprendizagem. Uma delas foi a superação da meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017. Araguaína teve média de 5.9 pontos na formação das séries iniciais (4º e 5º ano), ultrapassando os 5.8 pontos estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

(Marcelo Martin – Foto: Marcos Filho Sandes/Ascom)

Posts Recentes

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons