A Oficina de Formação do Controle Social em Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, com o objetivo de capacitaros atores envolvidos no controle social para o fortalecimento da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (PNSTT), inicia nesta quinta-feira, 13, às 9 horas, na Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde (ETSUS). O evento será promovido pelo Conselho Estadual da Saúde, Conselho Nacional de Saúde e Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúdee dos Ambientes de Trabalho (DIESAT).

Segundo a conselheira da saúde,Gracelena Miranda, as oficinas possibilitarão que o controle social nos estados se aproprie da política nacional de saúde do trabalhador, compreendendo os impactos do processo da saúde e da doença tendo o trabalho como elemento, alémde fortalecer o controle social para estimulação e criação das Comissões Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (CISTT) em todo território nacional.

Ela explica ainda que a oficina vai estimular a construção de uma rede de comunicação entre as CISTT em âmbito nacional, além da participação do Controle Social, especialmente as CISTT no planejamento, execução e acompanhamento das ações de Saúde do Trabalhador e de Vigilância em Saúde do Trabalhador (Visat) realizadas pelos CEREST. A ação vaimobilizar a participação do controle social na 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde.

Público

Podem participar da oficina:membros da CISTT, conforme Resolução CNS nº 493/13, que conste na lista daCISTT Nacional, em funcionamento e prioritariamente as CISTT em município sede de CEREST; os conselheiros de saúde, dirigentes das centrais sindicais,representantes de trabalhadores e das trabalhadoras, representante das associações, das ONG, dos sindicatos, das federações, das confederações,profissionais do CEREST, profissionais da saúde e dos demais órgãos públicos eentre outros; e ainda os conselheiros de saúde e membros da CISTT Estadual (titulares e suplentes), dirigentes sindicais (centrais sindicais),representantes de associações, sindicatos, federações, confederações de trabalhadores, profissionais de saúde, principalmente do CEREST, e demais órgãos públicos e entidades indicadas.

Posts Recentes

Categorias

By Editor

Webjornalista & blogueiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons